Ganho de produtividade e gestão do conhecimento no processo de Recrutamento e Seleção.

As etapas mais longas e desafiadoras de um processo de Recrutamento e Seleção são as que envolvem a identificação do nível de compatibilidade cultural do candidato com a empresa. Se tomarmos como exemplo a realidade dos 20 maiores Programas de Trainee de 2016, que tiveram média de 1.225 candidatos por vaga, concluímos que o esforço para entrevistar todos os candidatos e analisar de forma padronizada e estruturada os dados obtidos para definir quem vai avançar para as próximas etapas é impraticável.

Em uma empresa de grande porte apoiada pela Pin People, o programa de Trainee de 2017 teve um total de 4.080 candidatos inscritos para 30 vagas (136 candidatos por vaga). O processo consistia em 4 etapas principais: testes de habilidades técnicas e avaliação curricular; dinâmicas de grupo; entrevista com o RH; e painel com gestores.

Após realizar um estudo sobre os programas de Trainee dos anos anteriores, essa empresa evidenciou que cada um dos 2 analistas de RH responsáveis pela etapa de entrevistas gastava cerca de 30 minutos com cada um dos candidatos aprovados na etapa das dinâmicas de grupo – entre contatar, agendar entrevista, entrevistar e discutir os resultados com a equipe. E considerando apenas os candidatos aprovados para esta etapa na edição de 2017 (cerca de 9% do total de candidatos), o RH levaria 11 dias, ou cerca de 89 horas dedicadas, para concluir todo esse processo.

Com o objetivo de ter mais agilidade no processo seletivo e mais conhecimento sobre o perfil dos candidatos na etapa de entrevista, a empresa contratou a solução de Matching de Fit Cultural da Pin People para o programa de Trainee de 2017. O primeiro passo foi o mapeamento do Jeito de Ser Vivenciado com o grupo de trainees do ano anterior, com o objetivo de entender as características do ambiente e do estilo de trabalho percebidos por quem já participou do programa. Em seguida, o questionário de Jeito de Ser de Candidato da Pin People foi aplicado em 100% dos candidatos aprovados para a etapa de dinâmicas de grupo. Os dados obtidos sobre ex-trainees e candidatos foram cruzados por meio de um sistema baseado em inteligência artificial, a fim de evidenciar os candidatos mais compatíveis com a organização e auxiliar na tomada de decisão de quais deles deveriam avançar no processo seletivo.

Com a solução da Pin People, a empresa reduziu em 83% o custo homem/hora e economizou 73 horas da equipe dedicada. Além do ganho de produtividade, a ferramenta permitiu o registro de informações importantes para a evolução de processos seletivos futuros, como dados comportamentais de cada candidato e a sua relação com o estilo de trabalho de ex-trainees, que no processo tradicional não seriam corretamente documentadas ou ficariam perdidas ao longo das etapas.

Tem interesse em conversar conosco sobre a aplicação das soluções deste case na sua empresa? Entre em contato e agende uma reunião!